Início > Estudos, Experiências com Papai > Testemunho de cristão em casa em dias estressantes

Testemunho de cristão em casa em dias estressantes

Resolvi parar um pouco para escrever sobre minha vida particular e postar aqui para vocês. Atualmente, estou trabalhando muito para concluir alguns projetos e trabalhos. Estou de férias da escola em que curso o ensino médio, mas preciso ir regularmente aos colégios onde faço os cursos de Inglês e Web Design, o que me toma muito tempo, pois estou nos últimos meses de Web, então preciso preparar meu projeto final. Também estou trabalhando na empresa do meu pastor (amigo, paizão, irmão mais velho, assessor, pastor, chefe, um paistor!), fazendo a publicidade online de anúncios, criando sites. Também, preparando psicologicamente para uma sequência de muita preparação para o aniversário da Igreja, que será feito uma reunião especial, simples com excelência. E também, borbulhando ideias para algo novo que também está por vir de divulgação na internet, da obra da minha igreja.

Com todo esse stress santo, eu não consigo “manter a linha” o tempo todo, e hoje minha mãe pagou por isso. Cheguei do culto, foi muito bom. Sentei para comer um lanche, e a vi se aproximando com três meias – um pé preto, outro branco e um cinza -. “Você pode, Patrick, por favor, achar os outros pares?”. “Claro!” sem nenhuma ironia. “Ok, depois disso, só relembrando que precisa encher seu cartão para não me ligar para que eu vá buscá-lo novamente caso se esqueça”. “Claro, você já me disse três vezes, não posso esquecer”. Isso foi a gota, não poderia mais suportar mais uma ordenança, estava cansado, só queria terminar o que precisava terminar, e descansar! Daí surgiu um tanto de conversa… “Mãe, já não agüento. Sou muito crente, me canso às vezes, não tenho sangue de barata. Você reclama de mim, gostaria que tivesse um filho adolescente feito os outros normais que não temem a Deus, e patati, patatá…” Falei tanto, que me cansei, e ela permitiu que falasse, para depois jogar um psicológico: “Ok, eu sou chata né? Vamos ver…” Tudo o que não queria ouvir, mas sabia que iria escutar.

Ela foi deitar, e depois de uns 5 minutos fui deitar, e perguntei se estava brava, e novamente fui com meu discurso, só que mais educado: “Mãe, sou um adolescente a flor da pele, sem tempo de fazer muitas coisas, tenho muitos compromissos que acho que sou adulto. Mas continuo com a fácil irritabilidade de um adolescente, me irrito com pouco, e você colabora muito bom isso. Te amo!” Conversamos muito até que ficou tudo bem, mas agora me pergunto: Onde é que foi parar o liberar perdão sem o outro pedir. Minha mãe não pediu, mas fui eu, cheio de argumentos – critico muito ela por ter tantos argumentos! Ela é boa nisso também – para cobrir meu erro. Minha mente ainda insiste “erro seu nada, foi ela que te irritou”. Mas eu sei que não é assim. Devo respeito a ela como minha mãe, não basta amar. Tenho que respeitar. Meu testemunho, meu principal ministério é minha casa. O seu também, não se esqueça, vamos nos ajudar!

@trickmoreira – twitter
patrickmoreiraestevam@gmail.com

Anúncios
  1. 21/07/2010 às 05:02

    KKKKKKKKKK morri de riir, tava me vendo com a minha mãe! pense no tanto q é difícil aturar certas coisas, muito difícil, muitas vezes perco a cabeça, falo besteira, magoo a pessoa que eu mais amo nesse mundo, pra logo após começaar a chorar e chorar pq errei e as vezes pq ñ consigo pedir perdão na hora, o q resta é orar, pedir perdão, a Deus e a ela, principalmente a ela. RESPEITO+AMOR+PERDAO=BOA RELAÇÃO, independente q seja com pais, amigos e até irmãos, q tbm é outra coisa mto séria! Amei o texto, Deus Abençoe!

  2. 26/07/2010 às 18:26

    Bom esses momentos acontece em todas as famílias, mas foi vc patrick que estava fadigado com tantos a fazeres, e que sua mãe pagou o pato rsrs, mas o interessante é que ela nem ligou muito só disse uma palavra pra bastar, e não acontecer bate boca e até coisa pior, ela foi sábia viu, dê muito valor a sua mãe, eu digo isso por experiência própria as vezes não guemto minha mãe más lá no meu quarto assós com Deus Ele me faz refletir Deus me leva lá atras por que foi ela quem dormiu na fila da escola pra eu estudar é ela que pagou meus cursos tudo foi ela claro na graça de Deus, por isso faça valer a pena ainda que vc não há intenda viu… fica na paz mano

  3. 26/08/2010 às 16:59

    “Ainda que a figueira não floresça,
    nem haja fruto nas vides;
    ainda que falhe o produto da oliveira,
    e os campos não produzam mantimento;
    ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado.
    Todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação.”

    Habacuque 3: 17e18

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: