Início > Estudos, Evangelismo > Por que cristão… protestante?

Por que cristão… protestante?

Essa questão me martelou a cabeça após um relacionamento mais aprofundado com o catolicismo, e grandes descobertas que o Senhor me fez realizar ao ter um contato muito grande com pessoas muito especiais desta outra religião.

Direto ao ponto, encontrei melhor refúgio e respaldo no ministério que faço parte, no qual recebo do Senhor tudo o que preciso: abundância de vida, alegria – em conhecê-lO, vivencia com Ele, amor pelo próximo, bênçãos que nem sei contar… A Igreja Católica tem um erro que talvez seja um erro que todo cristão protestante leigo aponte que é a idolatria. Igreja Católica, é a mesma em todos os lugares, não possui denominações e divisões ministeriais. A mesma missa, o mesmo tudo. A pessoa nasce, se não é nada: é católica. Não vai a Igreja, não participa de nada, vive como quer, fazendo “o que dá na cabeça”, mas é católico.

A generalização faz com que a Igreja seja desmoralizada e fora de controle. Não digo que é mal organizada, eles pregam, não sei o que, mas pregam. Tive uma experiência, infelizmente, não muito boa depois de cristão protestante em um Grupo de Oração Católico muito famoso em minha cidade. Fui, a música era boa, sabiam liderar e levar o povo onde queriam, mas era emoção. O “barulho” era igual a da minha Igreja, mas não sentia nada, um vazio. Olhava para um lado, via arrogância, para outro, pessoas sendo levadas por emoção. Me dava medo, conhecia muitas pessoas ali, e muitas delas todas deturpadas, com suas vidas amaldiçoadas, mas “repousando no espírito” (abrindo porta para milhares de demônios a mais).

Não prego a Igreja, prego Jesus. Eu sei que não é possível a pessoa se achegar a Jesus sem um trabalho de libertação, e uma convivência com o Corpo de Cristo, levo também então, o ministério. Não indico “boas igrejas”, mas vejo algumas “péssimas igrejas”.  O protestantismo também não é hoje em dia perfeito, muita coisa foi deturpada… O meu trabalho é ajudar meus amados a restaurar as antigas experiências com Deus, antigos métodos de adoração, antigos métodos de libertação, antigos métodos de oração, não as novas experiências e métodos. Sou protestante porque sigo a Bíblia e seus livros, nada mais. Meu pastor confia em mim, temos um ótimo relacionamento de confiança, não tenho cobrança e meu relacionamento com Deus vai além de religião. O que importa é seu relacionamento com Deus sim, mas te pergunto: Vai tudo bem?

Categorias:Estudos, Evangelismo
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: