Arquivo

Archive for the ‘Igreja Mundial Templo da Fé’ Category

Ministério Infantil: BACK TO SCHOOL!

É inspiração do Senhor fazer-nos voltar os olhos para nossas crianças que são a Igreja de hoje, e Ele nos inspirou a trabalhar com elas:

BACK TO SCHOOL – JULHO

             “Eu me importo com o crescimento espiritual e intelectual dos meus filhinhos”. Não poderia ser mais claro, Ele se importa em manter um relacionamento com Seus filhinhos, Ele os comprou a preço de sangue, também. Ele se importa com suas vidas. As crianças passam 50% do tempo do dia no colégio, e lá ela é exposta, é um “treinamento para a vida”.

Há aquela criança que não têm incentivos para esforçar-se nos estudos, dá problemas na escola, e Satanás quer usar isso para acabar com o futuro da criança e conseqüentemente esfriar a fé de seus pais e da própria futuramente. A criança é maleável, ela por si só ama o Senhor Jesus. Cristo nos advertiu: “Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como uma criança, de maneira nenhuma entrará nele” Marcos 10:15. A criança apesar das deturpações de Satanás tem uma maior aceitação de Cristo.

Queremos trazer a criança, à luz da Palavra:

  • A ter interesse nos estudos;
  • A influenciar positivamente seus coleguinhas de colégio;
  • Passar pelas dificuldades escolares sem medo e seqüelas;
  • Lidar com o bullying e transformá-lo em edificação para ele e colegas;
  • Incentivar a obedecer e receber a disciplina dos pais e professores como bênção e crescimento;
  • Viver sem cobranças maiores que não possam carregar;
  • Relacionamento com o Pai do Céu e seus pais terrenos;
  • Treino de percepção de coisas boas e o que há de ruim, auxiliar na mudança de glória em glória;
  • E por fim, interesse em ter Jesus Cristo como referência.

Quando se lida com crianças, lidamos com o futuro, mas não devemos nos esquecer
do presente: São crianças! Precisam brincar e aprender também com o erro. Sem cobrança maior, as crianças irão aprender a viver melhor e ter a vida de Jesus nelas para influenciar conseqüentemente (essa não é uma obrigação dela) sua casa, seus pais, avós, tios, amigos e colegas a também encontrarem com Jesus.

Convidamos você a trazer seus filhos durante as férias, para que eles possam ser preparados a voltar para o colégio com atitudes diferentes! Convide filhos de seus irmãos e amigos, traga-os para que a Graça de Jesus alcance também a vida desta criança através dela. Crianças de 5 anos à 11 anos.

O nome BACK TO SCHOOL significa VOLTA PARA A ESCOLA, o nome em inglês é mais um atrativo, convenhamos que “Volta às aulas” não é atrativo para que uma criança se interesse em participar.

Você, caro leitor – sempre quis dizer isso -, que trabalha com o ministério infantil, indico esse projeto nas férias! É um projeto frutuoso e que traz as crianças, e consequentemente famílias inteiras, para Cristo.

Anúncios

Frutos que conhecerei só na Eternidade – Semeadores da Fé 2010

“Eu passaria uma noite inteira te adorar… Mas Tu me destes uma eternidade inteira pra adorar”

No dia 18/12 nos reunimos para adorar ao Senhor fora das quatro paredes, e com nosso testemunho de cristãos, sermos facilitadores do fluir de Deus no nosso bairro. Cremos na transformação de glória em glória do nosso bairro e há promessa de Deus para aqueles que foram chamados com um propósito. A promessa de Deus para os que aceitam esse chamado, é viver a vida de Deus, exalar o perfume dEle, e com isso converter almas para Cristo.

A ideia num contexto geral do “Semeadores da Fé” é trazer entretenimento e Cristo para as pessoas do bairro – alegria momentânea e a alegria duradoura. Brinquedos, doces, brincadeiras para as crianças, shows para os jovens e adultos… Todas as coisas possíveis gratuitas demonstrando o amor de Cristo (Mateus 9). Fomos chamados segundo um propósito e devemos honrá-lo. Inicialmente a ideia de um evento religioso em bairros tão difíceis (antes do nome do evento já tínhamos o local para a primeira edição) parecia uma coisa impossível de se acontecer. Mas como Deus faz infinitamente o que pedimos ou pensamos, tudo se fez.

No primeiro ano tivemos a companhia de pessoas especiais, que usadas por Deus trouxeram um novo foco de evangelismo e aumentou nosso amor à Igreja separada e escolhida. A Banda Canal da Graça é uma banda católica. Deus nos trouxe a paz exata em convidá-los. Isso trouxe revolta da maioria dos pseudo-cristãos, e até mesmo amigos meus se afastaram. Só que devemos estar cientes de quando aceitamos o chamado – “Eis-me aqui, envia-me a mim (Isaias 6:8) – precisamos fazer as renúncias que Ele pede, Ele sabe o que precisamos deixar, para lá na frente não nos machucarmos. Deus sabe o que faz.

Neste segundo fomos mais espirituais e crentes de que precisávamos de muita coragem e autoridade no Senhor. Uma semana antecedendo o Evento, muitas coisas aconteceram. Pela primeira vez eu podia afirmar com precisão: Se não fosse o Senhor, se não fosse Sua graça, nada do que seria feito, se fez.

Foram momentos preciosos, começamos a ministrar 20h com imagens da guerra no Rio, a invasão no Complexo do Alemão; o trafego de drogas… Cantamos o refrão: “Grandes coisas estão por vir, grandes coisas vão acontecer nesse lugar…” Depois bem grande no telão: “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas! II Coríntios 10:4”. Começou a ministração com “Cordeiro e Leão”, “Preciso de Ti”, “Sobre as águas”. Fiquei feliz porque “Este é o Dia” e “Por tudo que Tu és” entraram na lista das canções, todo mundo curtiu e eu pude falar: “Celebra ai peão” rsss. Mostramos um filme do clipe “Faz chover” do Fernandinho, fiz uma montagem legal com o filme e o playback da canção e ficou demais. “Grandes Coisas” (canção do Evento!), “A glória do Pai” e “Canção do Apocalipse” para finalizar. Provavelmente, esqueci alguma música, mas foi tudo lindo, demais!

Não tem como escrever tudo aqui. Ouvimos alguns testemunhos ali na hora, mas havia muitas pessoas fora da quadra, sentadas na praça ouvindo e chorando! Frutos que apenas na Eternidade conheceremos, e ali adoraremos.

Cordeiro e Leão

No dia 18/12 acontecerá o II Semeadores da Fé, estou muito feliz e satisfeito com tudo o que Deus tem feito e preparado para esse grande dia. Estamos finalizando o setlist, muitas músicas saíram, de 20 músicas preparadas, 8 ficaram. É bom poder ver o agir de Deus, e a certeza de que Ele realmente está direcionando pra tudo ser da vontade dEle. Agora, é tempo de recesso para ouvi-lO. Treinar os ouvidos espirituais!

A música de abertura é “Cordeiro e Leão”, nada melhor do que abrir o evento do que essa canção. Desde o ano passado já temos a confirmação de cantá-la, logo no dia seguinte ao I Semeadores (não sabíamos que teríamos outro) já queimava no nosso coração essa música. É um desafio cantá-la, minha amiga e irmã Julia fez questão de dizer que essa é dela! Foi uma confirmação e tanto, ela não gosta de músicas muito agudas e difíceis… rs

“Abaixar as armas l Levantar um som de alto louvor” um trecho da canção. É incrível como Deus usa os grandes e pequenos para fazer Seu querer. Me veio a ideia de fazer o vídeo dessa canção para a abertura com as imagens do Rio de Janeiro nesses últimos dias. O incrível, é que um grupo estará lá também agradecendo pela vitória – agradecendo! E nós aqui cantando essa letra profética! Jesuscidencia.

Abaixar as armas
Levantar o som de um alto louvor
Espada afiada em nossa boca é adoração
A vitória o Cordeiro conquistou no Monte Sião
Com o sopro de sua boca ele vem
Destruir o inimigo pra sempre

Ele reina, o nosso Deus reina
E ao som de seu louvor todos se prostrarão
É o rugido do Leão de Judá
E ao som de seu louvor fortalezas cairão
É o rugido do Leão de Judá

O nosso Deus reina

Digno de adoração
Cordeiro e Leão
Glória e honra e força
O poder, a riqueza e a sabedoria
A salvação pertence ao Senhor nosso Deus
Que se assenta no trono!

 

Promessa de II Crônicas 7.14

Compartilhando um pouco do que o Senhor tem feito na vida espiritual daqueles que O adoram na Igreja Mundial Templo da Fé.

Ontem, eu fui ao que chamo de Intercessão pela primeira vez. Um grupo de pessoas, que livremente vão até a Igreja, com a consciência de que estão lá para um propósito: orar e buscar a vontade de Deus. Cerca de 10 pessoas se reuniram naquela noite de sábado, e com as mãos dadas, louvando ao Senhor iniciaram aquela reunião tão importante. Eu era uma delas. Oramos juntos e depois nos posicionamos na igreja. Algo que percebo enquanto escrevo essas linhas, foi que cada um teve um posicionamento geográfico profético. O pastor e um diácono ficaram no altar, algumas pessoas na frente, e outras no fundo. Cada um, de um lado. Depois que se deu inicio, outra pessoa chegou, e ficou no meio da Igreja.

Naquele momento especial de oração, eu pude sentir que uma unção liberou, e o que nunca fiz, pude fazer. Tenho um receio em orar alto, porque algumas pessoas se importam no que eu oro, e provavelmente iriam se esforças para escutar. Não me importei, e orei o mais alto, liberando aquela unção que me ocorria no momento. Meu pastor entregou-me os nomes que estavam no caderno de oração, li todos, e orei por aqueles nomes. O Senhor me fez lembrar de um versículo interessante: “Então, se o meu povo, que pertence somente a mim, se arrepender, abandonar os seus pecados e orar a mim, eu os ouvirei do céu, perdoarei os seus pecados e sararei sua terra.” (II Crônicas 7:14). Conheço esse versículo, e ele me martelava, larguei os nomes e me arrependi dos meus pecados, então retornei a orar para os nomes. Uma coisa que nunca tinha me passado pela cabeça, é que de certa forma aquelas pessoas se alimentam do que eu ministro ali, fazem parte da minha terra. Então, foi que um amor tão grande senti, chorei. Nunca choro nem pela minha família, devia ser uma opressão não chorar, todos precisamos. Chorei e senti um amor muito grande por aquelas vidas.

Mais tarde, meu pastor no altar ligou o teclado, e começou a ministrar com seu instrumento. Me deu uma vontade imensa de cantar aquela canção. “Eterno Rei, exaltado nas alturas, glorioso no céu. Humilde vieste a Terra que criaste, por amor pobre se fez”. Abri a Bíblia em Crônicas 7 impulsivamente, obedeci ao instinto apenas para dar uma olhada no versículo que o Espírito Santo havia ministrado em mim. Encontrei uma promessa, tão real, que me emocionei muito lendo, não acreditava no que lia! Fui direto ao versículo, foi então que li:

“Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar. Porque escolhi e santifiquei esta casa, para que nela esteja o meu nome perpetuamente; nela, estarão fixos os meus olhos e o meu coração todos os dias.” II Crônicas 7:14-16

Aleluia! Não tinha noção de que viria isso pela frente nesse capitulo! Não conhecia o capítulo, apenas o versículo. Foi então, que comecei a me lembrar de quando recebemos aquele salão, fomos orar e ungir com óleo o salão. Aquele lugar, a partir daquele momento, passava a ser do Senhor Jesus. Me arrepiei todo lendo aqueles versículos.

Chegando em casa, extasiado pela glória que foi, fui ler todo o capítulo e gostaria de ressaltar alguns versículos que me fizeram dar muitas glórias a Deus:

“Tendo Salomão acabado de orar, desceu fogo do céu e consumiu o holocausto e os sacrifícios; e a glória do Senhor encheu a casa. Os sacerdotes não podiam entrar na Casa do Senhor, porque a glória do Senhor tinha enchido a Casa do Senhor. Todos os filhos de Israel, vendo descer o fogo e a glória do Senhor sobre a casa, se encurvaram com o rosto em terra sobre o pavimento, e adoraram, e louvaram o Senhor, porque é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre.” II Crônicas 7:1-3

A glória encheu! Sacrifícios de louvor no inicio, e a glória encheu aquele lugar. Pela graça de Jesus, podíamos entrar no “Santo dos santos” e adorar, a fumaça que nos escondia era nossa adoração, nosso louvor, nossa rendição, nossa insistência em adora-lO na hora da angustia, era nosso arrependimento, era nosso perfeito sacrifício de louvor.

“Assim, o rei e todo o povo consagraram a Casa de Deus. Os sacerdotes estavam nos seus devidos lugares, como também os levitas com os instrumentos músicos do Senhor, que o rei Davi tinha feito para deles se utilizar nas ações de graças ao Senhor, porque a sua misericórdia dura para sempre.” II Crônicas 7:6

Lembrei-me do meu pastor tocando aquelas notas, e eu, somente eu cantando bem alto. Foi profético, eu sou o ministro do louvor, e estava adorando ao Senhor sozinho com minha voz cantando aquela canção, todos os outros oravam, como se estivessem intercedendo para que minha adoração chega-se, para que nada pudesse me impedir. Estava ali para adorar, dando graças ao Senhor.

O Senhor Jesus abrirá nossos olhos espirituais para que vejamos o que fazer, agora me preparo para ir ministrar, e me sinto como no início, tomando banho pensei “parece aqueles primeiros dias de culto”, e agora escrevendo o texto, me lembrei daquela promessa, o Senhor estaria renovando e tomando para Ele aquele lugar, que Ele mesmo escolheu para que o povo que se chama pelo Seu nome se humilhe, ore, busque Sua face.

Experiências marcantes

Hoje é dia 13 de agosto de 2010, sexta-feira, 13! Dia de bênçãos, tenho plena convicção disso. Ontem, estive com o ministério infantil da Igreja, passando um tempo com eles e organizando a gravação de algumas frases e testemunhos para o aniversário de 2 anos do Ministério Templo da Fé. Me emocionei muito. As crianças são muito especiais. Como diz em Lucas 18:16-17:

“Então Jesus chamou as crianças para perto de si e disse: Deixem que as crianças venham a mim e não proíbam que elas façam isso, pois o Reino de Deus é das pessoas que são como estas crianças. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem não receber o Reino de Deus como uma criança nunca entrará nele.”

Conversei com elas, para ver o que o Senhor fazia através de suas orações, e o que o Senhor têm feito em suas vidas, e em suas casas. Fiquei embasbacado com suas palavras, e precisão no que falavam. Para algumas, não era preciso fazer muitas perguntas, elas logo declaravam o amor de Jesus, e me contavam com alegria as experiências que tiveram com Cristo. Aquela gravação foi fruto de muita oração por baixo daquilo, era muito importante a palavra das crianças, consegui um tempo na aulinha, e elas me receberam muito bem.

Depois do culto, vi o amado Cléber, guitarrista, que tocou conosco no “Semeadores”, e muito especial. Me contaram que ele foi, contando algumas coisas que me entristeceram na hora, mas coloquei na mão do Senhor e consigo descansar nessa questão, muito importante, do evento. Talvez, não terá banda, mas eu sei, que o  Senhor nos prepara algo em especial.

Hoje, sexta 13, como já disse, é dia de bênçãos, e estou muito feliz porque sei, que o dia hoje vai ser benção, e o Senhor prepara surpresas para nós! A gravação com as crianças vai passar durante uma canção, e faremos uma com os adultos hoje e sábado ainda. Vai ser tudo bem em cima da hora, mas o Senhor escolheu assim, e é muito bom sentir tudo caminhando assim, porque é o próprio Deus que está fazendo, então confio na Sua precisão ao dar exatamente o que precisamos!

A lista de músicas estaria pronta, se tivéssemos a banda. Alias, metade banda, metade playbacks! Já estou vendo que algumas coisas irão mudar, certamente. Mesmo assim, estou muito feliz, e confiante no Pai. Tudo bem, numa boa!

Site Semeadores da Fé

Bom, estou aqui grato pelas visitas e todos que entram em contato comigo, certamente serão respondidos. Queria também deixar a página do site Semeadores da Fé (clique) que vocês podem entrar, visitar as páginas, preencher o formulário com suas dúvidas, pedido, que iremos responder, pode também falar inclusive comigo por este site.

O site traz fotos e informações do evento, que certamente, será realizado anualmente, para glória do Senhor.

Semana abençoada – Post pessoal

Recado para uma pessoa muito especial que conheci

Adri, pessoa muito especial que conheci!

Bom gente, estou super contente pelas realizações e alguns desejos que o Senhor tem colocado em meu coração. Eu fiquei feliz ao ver, que a fidelidade dEle está comigo em todo o tempo! Realmente, agente se emociona vendo isso né?!

E também, uma pessoa muito especial que me apeguei com amor, foi a Adri, uma ministra de louvor muito abençoada! Agente sente o Senhor quando falamos com ou ela ou até mesmo lemos o seu blog. O seu contato com Papai é muito grande, e eu aprendi algumas coisas com ela, também! Acima, esta uma mensagem que eu enviei pra ela.

O Senhor está me dando a oportunidade de ler a continuação do livro “Ele veio para libertar os cativos” da Rebecca Brown. O livro é “Prepare-se para a guerra”, realmente poderoso! Tenho me identificado muito com os ministérios do Senhor, em especial esse: Libertação. Eu amo este culto na minha congregação. Este culto é na quinta-feira e eu sempre ministro o louvor neste dia, pois é realmente muito especial pra mim. Eu sempre brinco dizendo que a minha semana começa na quinta-feira!

Uma canção tem tomado o meu coração, e por onde eu vou eu canto:

“I could sing of Your love, forever!…”

Eu comprei um DVD, o mesmo (dois), um para mim e um para o meu amigo, e fala muito sobre as missões dentro do nosso círculo de amizade, dentro da nossa cidade. Para onde agente vai, no shopping… Aonde formos! Essa música tem muito a ver com esta mensagem!

Oh I feel like dancing l It’s foolishness I know l But when the world has seen the light l They will dance with joy like we’re dancing now!

%d blogueiros gostam disto: